Meio&Mensagem
Content Lab Em parceria com

Paixão a serviço dos fãs

Multiplataforma, o SBT Games se propõe a unir o amor do público pelo SBT e aos games por meio de notícias, conteúdo e quadros exclusivos ligados ao game entertainment

Paixão e games são palavras que se complementam. O alto nível de engajamento, dedicação e memória afetiva dos fãs é o que vem possibilitando que a indústria de games e e-sports contabilize cifras bilionárias. Neste contexto, o SBT identificou vários pontos em comum entre a “TV que tem torcida” e a paixão entre os gamers. E para estreitar ainda mais essa conexão foi criado o SBT Games, em setembro do ano passado, plataforma do SBT destinada a falar com o público gamer, sempre com a essência da emissora de entreter, informar e divertir as pessoas. O SBT Games está bem consolidado no mundo dos games. Só em 2020, o canal cresceu 380% em audiência no Youtube. Já na Twitch, soma mais de 127 mil horas de conteúdo consumido e um crescimento de mais de 7.000% nos primeiros 3 meses de presença do SBT na plataforma.

Karin Ribeiro

Do pioneirismo em ter sido a primeira emissora de TV aberta com um canal na Twitch às possibilidades de novos formatos no Tik Tok passando pelo Twitter, Facebook e Instagram, o SBT também entende que essa conexão com os gamers deve ser versátil e na plataforma que melhor se adeque ao público. No caso da Twitch, os streamers Fred, Pelegrino, Nerdsurdo, Bianquinha Raulzitoyt, Leandro e Gustavo (TAL PAI, TAL FILHO) e Ronaldo Gonçalves (DE VOLTA AOS ANOS 80) são o rosto da emissora em uma das maiores plataformas de streaming gamer no mundo. O público não se interessa apenas por games: está conectado à tecnologia, dispositivos móveis, quadrinhos, animação, celulares, música e outros elementos que compõem um ecossistema ainda mais rico.

“A marca SBT envolve muita paixão e memória afetiva, assim como o universo dos games. Comprovamos essa forte conexão com os patrocínios que fizemos no último ano na Brasil Game Show (BGS) e na Comic Con Experience (CCXP), eventos em que os nossos stands estiveram entre os de maior movimento. Além dos nossos brand lovers, ainda contamos com a nossa força midiática em todas as plataformas e capacidade de produção de conteúdo multiplataforma, o que torna a entrega para marcas no território gamer algo de forte conexão, completo e seguro”, diz Fred Müller, diretor de negócios e marketing do SBT.

Opções para engajar comunidades

Raulzitoyt é um dos criadores de conteúdo no SBT Games

Outro aspecto importante em relação ao ecossistema gamer é o dinamismo e isso faz com que os projetos e ações envolvendo o tema sejam diversificados. O SBT Games, por exemplo, se divide em várias entregas diferentes. Uma delas é a cobertura de eventos online e lançamentos de jogos. Outra, é a imersão em dois dos principais eventos do mercado no Brasil, como a BGS e a CCXP. Já o programa Nonoob, jornalístico/humorístico do SBT Games, apresentado pelos Irmãos Piologo, traz as principais notícias do mundo dos games com alegria e descontração.

No P1 P2, as celebridades jogam e conversam sobre games. Já o Luca Tuber invade os estúdios do SBT Games para lançar uma nova série de vídeos, o Luca BOT e a gameplay disponível no mobile. O Quadro Revolução dos Games conta a evolução das franquias mais famosas de games como Super Mario e Mortal Kombat. O objetivo é mostrar como foi a evolução do vídeo game desde seu primeiro lançamento, ao jogo mais atual.

No RG é apresentado o detalhamento dos principais jogos do mercado, uma gameplay completa. Um review de jogos, feito por quem já jogou, do começo ao fim, separados por episódios. Já o Pickplay é conteúdo jornalístico voltado para as redes sociais. A apresentadora Ravena traz as notícias do mundo dos e-sports para o público. Durante a pandemia outro projeto ganhou destaque, o SBT All Stars – FIFA 20 em duas edições: Celebridades e Amadores. A primeira delas, promovida em maio, criou um universo de integração que uniu jogadores profissionais e influenciadores digitais. Já a versão Amadores, promovida em julho, trouxe a chance de players casuais brilharem no campo virtual de FIFA 20.

TV gamificada
Além do conteúdo orgânico produzido no SBT Games, a programação do SBT, bem como seus talentos, também possui conexão direta com esse universo. Exemplos como o “Jogo do Teleton” ilustra o potencial de gamificar também a programação da emissora. “Nos anos 80, o vídeo game era algo marginalizado, ou, como diziam muitos pais e avós, ‘estragavam’ as TVs. Eu jogo vídeo game e assisto ao SBT desde pequeno. Estes dois universos estiveram lado a lado na vida de muita gente. O SBT sempre esteve próximo aos games na programação, que é gamificada. Tivemos o Play Game, um programa totalmente focado em vídeo game. Acho que tudo começa por aí. Jogos como Fall Guys, Just Dance, entre outros títulos, são similares a quadros e programas que tivemos e temos na TV”, lembra Willian Pesenti, diretor de projetos especiais do SBT.

Willian Pesenti

Sobre abordagem e conexão com a comunidade gamer, Willian não vê fórmulas certas. “Para o SBT Games, o importante é estar próximo de tudo, o máximo possível, para contribuir com muita informação e entretenimento. Temos que falar com propriedade e tratar tudo isso como uma grande cultura pop mundial”, diz Willian reforçando, inclusive, o papel dos streamers neste contexto. “Dos quartos, com webcams e uma luz básica, os streamers estão ganhando um espaço que todo gamer quer e merece ter. Streamer é algo que vem crescendo e muito. Além de ajudar muita gente com uma renda extra, cria oportunidades para novos talentos aparecerem. Todos os nossos streamers parceiros tem um canal independente. O profissional dessa área não fica fixo em um canal, são independentes. Para eles, o SBT Games é um novo aliado, propagando o que sempre fizeram e acreditaram ser um negócio prazeroso de estar trabalhando.”

Ecossistema gamer

Os streamers Ytapioca e Stolen são alguns dos rostos da emissora na Twitch

Há muito tempo, já não faz sentido se referir ao universo gamer como nicho, mas sim como um elemento importante da cultura. De acordo com dados da ComsCore de julho deste ano, 68% da população acessou a conteúdos de sites da categoria games, ou seja, são mais de 82 milhões de visitantes únicos. Karin Ribeiro, head de negócios digitais do SBT, ressalta, inclusive, o nível de maturidade dessa indústria. “O SBT Games construiu uma rede de canais com muitos talentos, principalmente entre os streamers. Com este cenário, criamos oportunidade para as marcas interessadas em transitar no mundo gamer construírem uma narrativa sobre seu produto ou serviço, através de projetos de conteúdo em ambiente seguro.” Ela ressalta, inclusive, as oportunidades existente neste ambiente. “Temos muitas oportunidades de construir excelentes entregas para os anunciantes que querem estar atrelado ao universo dos games. A área de negócios do SBT possui especialistas em conteúdo desse meio e em comunicação e mídia para as marcas. Esse grupo multidisciplinar customiza projetos de marca, conectando-os de forma criativa, tendo ainda a possibilidade de entrar vídeos, torneios customizados, lives e muito mais.”

Mentalidade data driven
Uma das premissas ao desenvolver projetos com o ecossistema de games e e-sports é estar onde as comunidades estão. Para o SBT isso se dá de várias formas: desde a conexão que os talentos da emissora possuem com o público gamer, como Danilo Gentili, até a criação de um canal na Twitch, por meio do SBT Games. De acordo com Fred Müller, diretor de negócios e marketing do SBT, a marca da emissora envolve paixão e memória afetiva e uma conexão direta com o mundo dos games.

Meio e Mensagem – De que maneira o SBT atua orientando as marcas em relação ao público gamer?
Fred Müller Temos um desafio na área de negócios de levar propostas com fortes insights sobre a jornada e comportamento da nossa audiência. Temos implementado um mindset data base driven, por meio das nossas novas áreas de Negócios Digitais e SBT Solutions, que vem sendo incorporado por todo o time comercial. A relevância do SBT Games tem garantido um aprendizado muito rico sobre esse público, que tem poder de compra e que cresce a cada dia.

M&M – O que existe de oportunidades para as marcas dentro das propriedades de games do SBT?
Fred O SBT já tem um diferencial por ser 1ª emissora de TV aberta a ter um canal na Twitch, por meio do SBT Games. Dentro da plataforma, temos diversas frentes de conteúdos e influenciadores para cocriação, como por exemplo nossa plataforma de campeonatos “SBT All Stars”; cobertura de eventos online e lançamentos de jogos; além de lives exclusivas realizadas pelos nosso streamers squad.

M&M – Olhando para o portfólio de produtos do SBT Games quais você diria que já estão em processo de consolidação?
Fred Os Irmãos Piologos, por exemplo, produzem vários produtos dentro da plataforma na linha do entretenimento. Já na linha dos campeonatos virtuais e as lives, são disponibilizados semanalmente conteúdos exclusivos e temos a propriedade SBT All Stars, com a qual trabalhamos edições especiais como o SBT All Stars Celebridades, primeiro torneio de FIFA 20 organizado pelo SBT que reuniu jogadores Alexandre Pato, Rafifa, Camilota, Diguinho Coruja, entre muitos outros, além da participação especial de Danilo Gentili.

Compartilhe

Publicidade
Publicidade

Patrocínio